quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

OS PÁSSAROS


The birds, Alfred Hitchcock, 1963


O MOFO inicia a temporada 2011!
Programação renovada e grandes filmes para todos os gostos.
E o primeiro filme do ano é um clássico de suspense: Os Pássaros, de Alfred Hitchcock.
Serão 119 minutos em companhia do Mestre do cinema.
Compareça!
Nesta sexta-feira, dia 25.02. Às 20h40min, no IFPR.

22 comentários:

  1. fala sério... o filme mais estranho de Hitchcock até o momento: elenco apático, efeitos toscos, ausência total de trilha sono... NÃO!!!!
    Ironicamente, o filme todo tem trilha sonora, pois as batidas de asas e grunhidos das aves foram todos produzidos por Bernard Herrmann, compositor favorito de Hitchcock.
    Neste momento, fico em dúvida se cedo o meu braço a torcer por este filme... Bah, não vale a pena, que venham melhores... Que venha Rebecca!!!!

    ResponderExcluir
  2. Gente, neste link tem umt recho de "give us today our daily terror", trabalho do artista holandês martijn hendriks. Ele retirou digitalmente todos os pássaros do filme! A situação é, no mínimo, hilária. Claro que foi isso mesmo que Hitchcok filmou, mas nunca tivemos acesso público ao filme sem os efeitos. Divirtam-se assistindo na TV Uol: http://tvuol.uol.com.br/#view/id=dnos-hoje-nosso-terror-dirio-04023766E4B13326/mediaId=136937/date=2008-11-25&&list/type=tags/tags=47059/edFilter=all/

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Hehe não é vc Fabiano, o filme é RUIM mesmo!! Sempre gostei muuuito dos filmes de Hitchcock, assisti a Psicose(mara!), Janela Indiscreta e Vertigo(me recuso a chamá-lo de "Um cortpo que Cai" ¬¬). Estava empolgadíssima pra ver esse famosíssimo filme, mas após alguns minutos de projeção, eu só conseguia me perguntar: QUE PORRA É ESSA?

    Caraaa! O grande suspense do filme era: será que já tá no fim? Putz sempre fui fã de Hitchcock, mas esse não deu pra engolir, mesmo.

    Bom, mas não se pode negar que se o objetivo do cineasta era criar um clima de agonia profunda, isso ele conseguiu com maestria!! A total ausência de uma trilha instrumental, a lentidão absuurda da narrativa, os personagens absolutamente desinteressantes... Contribuíram para uma atmosfera tão atormentadora que praticamente 90% da plateia do MOFO saiu antes do término da sessão. Nós realmente conseguimos ENTRAR nos sentimentos dos personagens, melhor que 3D!! huashusahuashahuauh

    E no final eu também fiquei me perguntando o porquê dos humanos desse filme serem tão burros a ponto de não usar uma arma, ou até um mísero pedaço de pau pra se defender dos pássaros... Era o mínimo pra ser plausível a situação!

    Sinceramente, exceto a maravilhooosa(sarcasmo on) cena do incêndio, nem pra trash esse troço serve. Com todo o respeito.

    ResponderExcluir
  5. Achei bacana, tava mais pra comédia do que suspense, mais para a época que foi criado acho que assustou alguém, BUUUU, kkkkkk, mais é um filme clássico, não faz o meu estilo, porem é um filme bem montado, e que se utilizou creio eu dos mais altos recursos da época. Mais é muito tosco, acredito que os Filmes do Mojica sejam mais horipilantes, hehehe.

    Fabiano Duarte

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Ao assistir este clássico, logo de inicio não gostamos da parte técnica, cobramos demais de uma época em que os recursos eram limitados, comparando O Pássaro com atualidade , podemos afirmar que o filme deixa a desejar , e esse filme para ser apreciado temos que voltar ao túnel do tempo e se esquecer da tecnologia , ai sim veremos o com outros olhos o trabalho do mestre em suspense Alfred Hitchcock.

    Tereza Pereira

    ResponderExcluir
  8. Eu já tinha ouvido falar, mas esta foi a primeira vez que eu vi este filme. Sinceramente estava esperando algo melhor,aninda assim foi uma boa experiencia. Dei muitas risadas. É interessante a forma como são feitas as gravações já que naquela época não se tinha os recursos de hoje.Com certeza a criatividade da produção e direção do filme fazem a diferença, só não assusta ninguém.

    ResponderExcluir
  9. Discordo

    Não discordo que ele sejá o pior filme do diretor, mas ele não é um filme ruim.
    “Os passaros” tem todos os elementos de um filme do diretor, toda a construção aprofundada dos personagens, os elementos de um roteiro bem definido com três atos. Mas acredito que o problema principal sejá a definição do antagonista, todos os filmes de Hitchcock existe o suspense de não saber o seu antagonista, a espera e espectativa do inevitável vilão da história.
    Mas neste filme o vilão é colocado como o ponto de virada do primeiro para o segundo ato. Está para acontecer um remack do filme, mas se Hitchcock não transformou esta história em um bom suspense, ninguem pode!

    Alex Oliveira

    ResponderExcluir
  10. Mesmo eu já tendo ouvido falar que o ambiente meio sobrenatural faz com que não seja necessário um fim resolvido, fiquei meio perdida sem isto num filme do Hitchcock. É como se você ficasse esperando um assassino controlador de aves sendo descoberto.

    ResponderExcluir
  11. Nossa.. foi o primeiro filme que eu assisti do Hitchock, e foi decepcionante.. hehe.. sério, esperava mais. Não tem muito suspense, só em uma cena eu senti um suspense de verdade e em muitas cenas chega até a ser trash, o que tirou algumas risadas das pessoas que estavam na sessão do MOFO :) Tudo bem que temos que dar um desconto pelo ano do filme né.

    ResponderExcluir
  12. Bem, a primeira vez que assisti este filme eu era criança, e eu fiquei um bom tempo com medo de pássaros assassinos. Faz muitoooo tempo que não vejo este filme, não sei como seria vê-lo agora.

    ResponderExcluir
  13. Um filme de Ficção em que pássaros de uma cidade, de Bodega Bay, enlouquecem e simplesmente atacam as pessoas sem uma causa aparente.
    É mais um filme bizarro da lista de Alfred Hitchcock. Um tanto interessante e curioso... muitas cenas que tendenciam ao suspense. No entanto, falta a explicação do porque os pássaros endoidam de vez. Impossível explicar Hitchcock.

    ResponderExcluir
  14. Lembro como se fosse hoje o dia em que eu fui assistir a esse filme. Como a maioria, tive a mesma reação: “Uau! É um filme de Hitchcock”. Na medida que o filme foi passando, as expressões mudaram. A expectativa foi dando espaço para: “Hã?”... “Como?”... “Quem?...”. Confesso que não assisti o filme até o final, mas para salvar esse filme como um bom filme de suspense,os pássaros teriam que causar um desastre total na cidade, aonde todas as pessoas tivessem que fugir desesperadas dos pássaros carnívoros da trevas. (Risos). De 0 a 10 o filme é fraco.

    ResponderExcluir
  15. Olha... esse é mais um daqueles filmes que só são importantes por causa do diretor. Creio eu que o Hitchcox estava bem louco quando fez esse daí. Até imagino ele na época: "Severino! Pega lá a câmera e meia dúzia de ator que eu to vendo um monte de pássaros com sangue nos "zóio" e isso pode dar um filme bem tenso."
    Mas devo confessar que uma coisa eu gostei, e muito. Os efeitos! São muito bons! Diversão garantida aos espectadores.
    Mas eu ainda acho que se o George A. Romero tivesse feito este filme, ele seria bem melhor.

    ResponderExcluir
  16. De fé, "Um Corpo que Cai" é sem dúvida, pelo menos em minha opinião o melhor filme de Hitchcock.
    Neste "passaros" o que me deprime muito também, é o fato de colocarem pessoas para tocar piano sendo que não devem ter ensaiado-as nem dado instruções básicas de como convencer de que são "pianistas", ocorrendo o mesmo erro que em "Festim Diabólico". Ressalvo que para quem não é musicista, instrumentista, pode até passar "meio" despercebido. Mas para quem entende, a coisa fica muito, muito feia. Fora que as interpretações dos atores ficam muito a desejar, e não tão longe dos dramalhões mexicanos.
    O roteiro não é ruim, e discordo do Alexandre, se terá remake deste filme, tomara que consigam fazer melhor que o Hit, e acredito que seja possível e que coloquem realmente uma trilha sonora que não sejam só pássaros, mas realce o suspense, o mistério dado a eles. =]

    ResponderExcluir
  17. eu gosto muito dos filmes do Hitchcock e gostei desse tambem,o filme é bem tosco ,e eu gosto de fime tosco.
    tem algumas partes que são um tanto cansativas e alguns detalhes que ficaram bem ruins.
    mas gostei mesmo assim.
    Hitchcock foi um grande diretor e é compreensível que tenha cometidos alguns erros.

    ResponderExcluir
  18. Muito ruim... não consegui ver o filme até o final, não tive paciência de ver tantas cenas ruins. a montagem também é muito tosca... O filme é muito cansativo e nem da para acreditar que foi Hitchcock mesmo quem fez...

    ResponderExcluir
  19. O que mais chamou minha atenção no filme foram as cenas que os pássaros machucavam as pessoas. Não posso negar que achei engraçado o ataque, pensar que os atores fingiam que estava sendo bicados por corvos. Chamou minha atenção, pois não sei exatamente como foi feita, como os pássaros “atacaram”. E imagino as dificuldades de fazer essas partes. Hoje se o fosse regravado, usaria um programa de computação gráfica, as aves seriam desenhadas em 3D, sem maiores problemas.

    ResponderExcluir
  20. este é mais um dos grandes classicos do cinema, segundo algumas coisas que eu andei lendo, um filme de ficção cientifica onde alguns passaros resolvem invadir uma cidade, com efeitos especiais que eu acho que pra epoca deve ter impressionado a muitos, mas hoje causa risos, bom mas não acho que suficiente.

    ResponderExcluir
  21. Eu gosto do filme. Talvez por ter assistido a primeira vez quando eu tinha 13 anos, hoje, 35 anos depois ainda guardo boas recordacoes, mesmo ao rever o filme este ano, gostei. Mas um detalhe que vale a pena neste filme e' abertura com creditos e a animacao de passaros voando que forma a palavra Birds. Numa epoca sem recursos, isso foi digno de Norman McLaren! Clap, clap, clap...Abracos

    ResponderExcluir